BEATRIZ CARDOSO quer dar salto maior no mundo da moda [FOTOGALERIA]

Local Sociedade

Nasceu em Setúbal mas reside na Lançada, Montijo, onde foi eleita 1.ª Dama de Honor no concurso Miss Capital da Flor. Foi Miss Peixinho 2012 e, desde então, não tem parado de desfilar em eventos de beleza. E promete que vai tentar ir mais além

Foi eleita 1.ª Dama de Honor no concurso Miss Capital da Flor 2017, no Montijo, sendo uma das 12 candidatas finalistas a receber mais aplausos da plateia, durante a realização da gala final realizada no Cinema Teatro Joaquim d’ Almeida. Beatriz Cardoso, 19 anos, nasceu no Hospital São Bernardo, em Setúbal, mas reside na Lançada, concelho do Montijo, onde fez o seu trajecto académico, na Escola Secundária Jorge Peixinho.

É assistente comercial na loja Calzedonia, no Forum Montijo, e a moda não lhe sai da cabeça. De resto, a paixão pelas passerelles vem de há muito, bem como a primeira participação num evento do género que lhe valeu a coroação máxima.

“Desde muito nova que me interesso por este mundo, mas comecei, se não me engano, em 2011. Fui Miss Peixinho em 2012, com a apresentadora Joana Martins, passando para a etapa seguinte no kaxaça. Depois disso, foi só desfiles e eventos de moda, mas nada igual ao concurso Miss Capital da Flor”, lembra Beatriz Cardoso, que destaca a participação no último evento.

“A experiência no concurso Miss Capital da Flor foi… espectacular. Conheci pessoas maravilhosas, evolui bastante aprendi imenso e apesar de não ter sido a Miss Capital da Flor não vou parar por aqui”, promete a jovem beldade da região, que, a concluir, reforça: “Foi no Montijo onde eu dei os primeiros passos no ramo da moda e onde pretendo dar o salto maior.”

FOTOS: CARLOS CANEIRA

Este slideshow necessita de JavaScript.

Kizomba, romance e fã encarnada do CR7

Beatriz Cardoso tem como hobbies a prática desportiva e a dança. “Ocupo os meus tempos livres no ginásio e a dançar Kizomba. Mas também com trabalhos de publicidade e figuração”, confessa. Elege Titanic como filme preferido e aponta o livro “Prometo Falhar”, do autor Pedro Chagas Freitas, como a obra que mais a marcou. Guarda dois clubes no coração. “O Benfica e o Real Madrid, porque sou fã do Cristiano Ronaldo”, remata.

Deixe uma resposta