ALCOCHETE: Bombeiros salvam canídeo que foi atirado para poço de 20 metros

Local Sociedade B Últimas B

Animal estava há mais de um dia no poço. Resgate foi difícil mas concluído com êxito. No local estava ainda outro canídeo já morto

Os Bombeiros Voluntários de Alcochete resgataram, esta terça-feira, 14, um canídeo que terá sido atirado para um poço com mais de 20 metros de profundidade, na zona do Batel.

Alertados por populares, cinco operacionais deslocaram-se ao local, na zona de Batel – Quinta da Coutadinha, na freguesia de Alcochete.

No poço, os bombeiros encontraram, porém, dois canídeos: “Um já estava cadáver, num poço com aproximadamente 20 metros de profundidade.”

“Apesar de alguma dificuldade, os operacionais conseguiram resgatar um canídeo que apresentava sinais graves de desidratação, suspeitando-se que o animal estivesse caído pelo menos há mais de 24 horas naquele poço”, revelaram os bombeiros, que tiveram o apoio de dois veículos (VRCI01 e VSAT01).

No local, esteve também a veterinária da Câmara Municipal de Alcochete que ficou com o canídeo.

A concluir, os bombeiros lembram que “os maus tratos a animais são punidos por Lei com pena de prisão até seis meses ou com pena de multa até 60 dias (Lei 69/14).

One comment

Deixe uma resposta