Câmara de Almada pagou mais de 22 mil euros em almoço do Dia da Mulher

Local Últimas B Últimas C

A Câmara Municipal de Almada gastou 22 mil e 638 euros num almoço, que terá servido para comemorar o Dia Internacional da Mulher. A revelação foi feita por António Pedro Maco, deputado municipal eleito pelo CDS-PP, na rede social facebook, com o centrista a partilhar ainda o documento da Divisão de Aprovisionamento da Câmara Municipal de Almada, no qual se pode constatar a encomenda do serviço de mesa e restauração feita à empresa Impactos – Ideias & Eventos, Lda.

António Pedro Maco

O centrista deixa implícita uma crítica à gestão CDU da Câmara, presidida por Joaquim Judas, pedindo aos almadenses “que retiram as devidas conclusões”.

“Aqui se vê bem onde a câmara comunista em Almada gasta o dinheiro dos almadenses”, afirma, na mesma publicação, o deputado democrata-cristão.

O documento (ver link em baixo) partilhado por António Pedro Maco apresenta a data em que foi emitida a nota de encomenda do serviço, 17 de Fevereiro de 2017, com condições de pagamento a 30 dias. O local de entrega está descrito como Complexo Municipal Desportos – Cidade de Almada, sendo o serviço requisitante a Divisão de Relações Públicas e Protocolo e Programação Municipal.

No documento surge descrito como serviço o “fornecimento de almoços para as comemorações do Dia Internacional da Mulher”.

http://www.base.gov.pt/base2/rest/documentos/254862

6 comments

  1. Se fosse uma gestão centrista os 22 mil euros seriam gastos num qualquer almoço ou jantar de lagosta com empresários “pafistas”

    1. So casas nao tem verbas e vivemos todos amontoados como animais so dao casas a quem simpatizam mais nao e D. AMELIA

  2. Vou fazer um comentário o mais honesto possível: Fazer um jantar comemorativo do dia da mulher, é de aplaudir e só fica bem mas depende da forma como isso é feito, eu vi na tv um convívio popular na freguesia da Penha de França feito na rua, não sei qual a cor da junta, na freguesia onde moro também foi organizado um jantar pago pela junta e não é comunista. A mim parece-me que seria mais lógico dar de comer aos pobres no entanto os centristas que calem a boca porque de trafulhices percebem eles muito bem.

  3. Se fosse um bom presidente, da esquerda, do centro ou da direita,, talvez aproveitasse a verba para mandar arranjar os pavimentos e proceder à limpeza das ruas da costa da Caparica

  4. Bem faz a sua presidente que não para de andar pelo país em grandes patuscadas …….já para não falr do Passos Coelho que ainda não engoliu que não é ninguem no Governo

Deixe uma resposta