Candidato Fernando Oliveira quer “nova Academia por um Vitória europeu”

Desporto

O presidente do Vitória, Fernando Oliveira, anunciou hoje, dia 3, em conferência de imprensa realizada num hotel da cidade, a sua recandidatura à liderança do clube no triénio 2017/2020, cujo ato eleitoral decorre a 24 de Março. Perante uma plateia de cerca de 100 apoiantes, o dirigente revelou que a construção da academia em Vale de Cobro, infraestrutura cujo investimento ronda os quatro milhões de euros, vai arrancar em breve, caso seja reeleito.

“Chegou o momento de concretizar o sonho de se construir a nossa academia de formação, por um Vitória europeu. O trabalho está a ser feito há dois anos. A Câmara Municipal viabilizou a academia e vai-se proceder dentro de uma semana à limpeza do terreno, ficando o início das obras para depois da aprovação do projecto”, disse.

À frente da direcção desde 2009, Fernando Oliveira, de 75 anos, lembrou que regressou ao clube numa altura em que o Vitória estava à deriva. “Não fugi, como muitos fizeram. Sempre aqui estive nos momentos difíceis da estabilização de um longo caminho de recuperação, sempre disse presente e dei a cara pelo Vitória. Sou candidato para virar definitivamente a página das aflições”, afirmou.

Sem dar a garantia de José Couceiro continuar à frente da equipa de futebol, apesar de ter mais um ano de contrato, o presidente não poupa elogios ao treinador. “Já o tinha escolhido há três anos, mas, para desgosto nosso, saiu para outro clube. Voltou e tem uma dedicação ímpar. Tem carisma e um carinho muito especial pelo Vitória, algo que é retribuído pelos adeptos, jogadores e todas as pessoas no clube”, referiu.

Questionado sobre a existência de outras duas listas concorrentes às eleições – lideradas pelo gestor desportivo Mauro de Almeida e pelo advogado Vítor Hugo Valente -, Fernando Oliveira frisou a importância de se fazer uma campanha sem polémicas. “Não tenho opinião formada. São sócios e tenho que os respeitar. Espero que façam o mesmo em relação a mim. Queremos uma campanha em que as ideias não rimem com bota-abaixo”, sublinhou.

A lista de Fernando Oliveira, cujo lema de candidatura é “Mais Vitória”, integra na sua comissão de honra vários notáveis do clube. Hélio Sousa, Fernando Tomé, Silvino Louro, Bruno Ribeiro, Sandro Mendes e João de Deus (treinadores), Luís Lourenço (antigo dirigente), Miguel Frasquilho (economista), Toy (artista) são alguns dos nomes anunciados.

Deixe uma resposta