LUÍS CANGUEIRO: FIGURA DO ANO na Região

Regional Sociedade B Últimas

Conheça aqui as escolhas do DIÁRIO DA REGIÃO das figuras em destaque no distrito e em cada um dos 13 concelhos

 

FIGURAS E FACTOS DO ANO 2016

FIGURA DO DISTRITO

LUÍS CANGUEIRO

Dos Arraiados para a Cultura

Professor do ensino secundário e empresário, Luís Cangueiro, de 74 anos de idade, surpreendeu a região com a dupla ousadia de que foi capaz em 2016.

Abriu um museu, sozinho, por conta própria, construído de raiz e com uma colecção privada, também exclusivamente sua. A iniciativa, de um particular abalançar-se, individualmente, a construir e manter um museu, já é, em si mesma, coisa muito rara, mas fica ainda mais ousada quando o novo equipamento é erigido no campo.

O facto de tratar-se de investimento avultado e logo na Cultura, área tão negligenciada pelo sector público, quanto mais pelo privado, torna ainda mais meritória a acção de Luís Cangueiro.

O Museu da Música Mecânica (MMM) foi inaugurado no dia 04 de Outubro, nos Arraiados, uma das zonas mais rurais do também rural concelho de Palmela.

Tal coragem e empreendimento, trouxeram a Arraiados o Presidente da República mostrando, logo no primeiro dia, que o novo museu pode ter um papel determinante na promoção da localidade, do concelho e da região.

O MMM, instalado num edifício moderno, com mais de mil metros quadrados de área, tem vindo, entretanto, a fazer o seu caminho, de divulgação e afirmação, tendo firmado já um protocolo de cooperação com o Município de Palmela. Esperemos que vingue, que possa integrar-se nas redes municipais e nacionais de oferta museológica, mas que nunca perca esta sua matriz, a natureza privada e nunca precise, como disse Manuel Henriques Figueira, de cair no regaço público.

Natural de Miranda do Douro, Luís Cangueiro é licenciado em Filologia Clássica pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Na tropa, serviu em Mafra, Santarém e Moçambique, para onde foi mobilizado em 1969, como alferes de Cavalaria.

Em 1971 iniciou actividade como professor, no Liceu de Bragança, e seis anos depois, foi colocado, como professor efectivo, na nossa região, na Escola Emídio Navarro, em Almada.

Há quase três décadas, em 1988, inicia uma carreira empresarial, com negócios em várias áreas, que lhe permitiu acentuar a dedicação à sua grande paixão pela música e pelo coleccionismo.

Ao longo dos anos juntou um espólio de mais de 600 peças de música mecânica, adquiridas um pouco por todo o mundo. Devidamente recuperadas e em pleno funcionamento, são essas peças que integram a substância do MMM.

“Não há palavras para lhe agradecer aquilo que lhe devemos por este museu”, disse Marcelo Rebelo de Sousa, na inauguração.

FACTO DO ANO

Setúbal Cidade Europeia do Desporto 2016

Setúbal Cidade Europeia do Desporto (CED) 2016 foi, sem dúvida o evento de maior projecção, envolvência e complexidade realizado no distrito no ano passado.

Ao todo foram mais de 300 iniciativas, que envolveram 94 mil participantes, 400 voluntários, 158 mil espectadores e 1,4 milhões de telespectadores através de 10 provas com cobertura televisiva.

A organização deixou marcas para o futuro, como a requalificação da rede de equipamentos desportivos do concelho – em benefício dos praticamente e utentes das diversas modalidades nas muitas colectividades e clubes -, ou a captação para a cidade, e até para a região, de importantes provas nacionais, como, por exemplo, a Volta a Portugal em Bicicleta.

A CED de Setúbal destacou-se também comparativamente. Foi, de longe, a melhor Cidade Europeia do Desporto já organizada em Portugal, bem acima de Guimarães 2013, Maia 2014 e Loulé 2015. É ainda, seguramente, uma dos mais fortes candidatas a a melhor CED 2016 de toda a Europa. A ACES Europe, entidade que atribui o estatuto, vai anunciar este ano qual das duas dezenas cidades europeias do desporto ganha o título de melhor.

CATEGORIA|POLÍTICA 

FIGURA DO ANO

Maria das Dores Meira

A presidente da Câmara Municipal de Setúbal reforçou a imagem de autarca mais dinâmica da região – e também de mais independente relativamente ao seu partido (PCP) -, num ano particularmente acelerado quanto a obras e iniciativas, em que não faltou também muita polémica.

A organização da Cidade Europeia do Desporto mostrou ambição e capacidade politica, além de competência técnica.

A vontade de fazer manteve-se pujante, com a cidade a fervilhar de obras e melhoramentos em diversas áreas e um pouco por todo o lado, com destaque para a transformação de cruzamentos problemáticos em rotundas, mais bonitas e funcionais.

Do lado das polémicas, ganharam particular relevo o problema das finanças municipais, com a manutenção do IMI no máximo e a Câmara a lançar novo plano de saneamento financeiro; a tentativa de alargar o estacionamento tarifado e ainda, numa perspectiva mais saudável, a “guerra” com a administração central pela defesa do Porto de Setúbal.

FACTO DO ANO

IMI baixa no distrito

O Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) está a caminho da normalidade na região. O ano passado confirmou (e acentuou) a tendência de descida das taxas praticadas pelos municípios do distrito. Após anos como o distrito com a taxa média mais alta de todo o país, a tendência de redução está agora definitivamente em vigor.

Em 2015 tinha havido já uma redução da média distrital, de 0,41 em 2014, para 0,40. Entretanto as taxas aprovadas pelas Câmaras e Assembleias Municipais da região, durante o ano passado (e que vamos pagar este ano de 2017), beneficiaram de significativas reduções em diversos municípios.

A título de incentivo, destacamos Alcácer do Sal, não por ter registado redução da taxa, mas por ser o município que pratica a taxa mais baixa do distrito há vários anos; é o único que cobra somente o mínimo obrigatório, de 0,30.

Esperemos que seja este o ano em que o distrito atinge, pelo menos, a média nacional.

CATEGORIA|SOCIEDADE

FIGURA DO ANO

Jaime Quendera

O mais conhecido enólogo da região consolidou o estatuto de um dos dois enólogos mais premiados do país, a par do enólogo da Sogrape. 2016 foi um ano em que Jaime Quendera engrossou as conquistas que já tinha, nos mais diversos concursos de vinhos, nacionais e estrangeiros, com mais uma chuva de prémios.

Além da Adega Cooperativa de Pegões, Jaime Quendera é enólogo da Casa Ermelinda Freitas, da Adega das Moras (Alentejo) e de vários outros produtores de menor dimensão, como são os casos de Quinta da Lapa (Ribatejo), Fundação Stanley Ho (Lisboa e Setúbal), Fundação Oriente (Lisboa), Herdade do Pombal (Alentejo), Quinta de Alcube (Setúbal), ou Filipe Palhoça (Palmela).

FACTO DO ANO

Eugénio Fonseca afastado da Cáritas de Setúbal

O presidente histórico da Cáritas Diocesana de Setúbal deixou o cargo que ocupava há 30 anos. A saída, anunciada pelo próprio no início do mês de Outubro, não foi desejada. Eugénio da Fonseca prometeu explicar, mais tarde, as razões da decisão. Ainda não o fez, mas é certo que saiu por efeito de forças exercidas sobre o equilíbrio interno da Diocese de Setúbal e que o bispo, D. José Ornelas, não foi alheio ao processo.

CATEGORIA|ECONOMIA

FIGURA DO ANO

Diogo da Silveira

Como CEO da Portucel (actual Navigator Company), que tem na Mitrena, em Setúbal, a sua mais importante fábrica e a maior máquina de produção de papel do mundo, Diogo da Silveira bateu, em 2016, recordes de produção na empresa, tanto em quantidade como em qualidade. O grupo atingiu o recorde de vendas e produção de papel, com 1.587 mil toneladas e 1,6 mil milhões de euros, e conquistou, pela primeira vez para Portugal, títulos de melhores marcas da Europa com os papéis Navigator e Soporset.

A Navigator está em fase de forte investimento e renovação, tendo contratado, em 2016, uma centena de pessoas, entre as quais 50 quadros superiores, apenas para colmatar saídas por reforma, e criado mais 100 postos de trabalho directos em Cacia. No ano passado, arrancou também a nova fábrica nos EUA, que produz 500 mil toneladas/ano de pellets.

FACTO DO ANO

Fusão da administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra com Lisboa

O Governo aprovou no dia 3 de Março de 2016, em Concelho de Ministros, um diploma que determinou que os portos de Lisboa e de Setúbal e Sesimbra passam a ter uma administração comum, com o objectivo de ter um plano estratégico comum às duas administrações. A decisão do Governo motivou várias críticas na região com o PSD de Setúbal a defender que seria a “morte do Porto de Setúbal”, enquanto a Câmara de Setúbal, liderada por Dores Meira (PCP) aprovou uma moção rejeitando a decisão governamental. O PS de Setúbal elogiou a decisão.

Em Maio, a Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, nomeou os órgãos executivos para os portos de Lisboa, Setúbal e Sesimbra, com Lídia Sequeira a assumir a presidência dos Concelhos de Administração.

O executivo referiu que pretendia “imprimir uma maior dinâmica e eficácia às duas administrações portuárias”, justificando assim “a nomeação de duas administrações portuárias que coincidem nos nomes, na missão e na vontade de concretizar”.

CATEGORIA|DESPORTO

FIGURA DO ANO

Hélio Sousa

O treinador sadino conduziu Portugal ao titulo de Campeão Europeu de sub-17. No dia 21 de Maio, após um empate a um golo nos 80 minutos, a selecção nacional conquistou o título ao vencer a Espanha no desempate pela marcação de grandes penalidades.

Hélio Sousa comandou brilhantemente a selecção nacional, impondo uma enorme superioridade sobre todas as equipas que apanhou no percurso da competição, com um saldo de 14 golos marcados e zero sofridos. Na final, no Azerbaijão, frente à mais perigosa Espanha, a sorte ajudou nos penaltis e os nossos miúdos reeditaram, 13 anos depois, a vitória de Portugal num Europeu de sub-17.

Hélio Sousa gravou já o seu nome na história do futebol português.

FACTO DO ANO

Passagem de testemunho na Associação de Futebol de Setúbal

Quase duas décadas depois, houve mudança de presidente na Associação de Futebol de Setúbal (AFS). Francisco Cardoso tomou em Novembro, sucedendo a Joaquim Sousa Marques que liderou a instituição durante 18 anos consecutivos.

Entre os diversos objectivos fixados para o futuro, o novo homem forte do futebol na região fixou a “grande ambição” de construir um centro de estágios da AFS e a Academia Distrital de Árbitros.

“Queremos continuar a ser considerados pela Federação Portuguesa de Futebol, uma associação de vanguarda”, disse Francisco Cardoso.

 

CONCELHO|ALCÁCER DO SAL  

FIGURA DO ANO

Carlos Bicha da Silva

O presidente do Conselho de Administração da Caixa de Crédito Agrícola de Alcácer do Sal e Montemor-o-Novo assinalou, em 2016, os cem anos numa cerimónia onde a instituição a que preside foi distinguida com a medalha de mérito municipal atribuída pela Câmara de Alcácer do Sal.

A Caixa Agrícola de Alcácer do Sal e Montemor-o-Novo, retribuiu o gesto de homenagem atribuindo donativos pecuniários às associações de bombeiros locais.

FACTO DO ANO

Inauguração de centro de educação pré-escolar

Em Setembro de 2016, foi inaugurado o Centro de Educação Pré-Escolar de Alcácer do Sal, num investimento de 1 milhão de euros. Depois das obras de remodelação e ampliação do edifício da antiga escola primária do primeiro ciclo e pré-escolar, o espaço passou a acolher 130 crianças, mas tem capacidade para duzentas.

Com oito salas, refeitório, ginásio, uma sala polivalente, biblioteca e sala de informática, o novo centro veio reforçar a oferta no concelho de Alcácer do Sal, ao nível de pré-escolar, explicou a Câmara Municipal de Alcácer do Sal, responsável pela obra.

CONCELHO|ALCOCHETE

FIGURA DO ANO

Jorge Giro

O vereador da Câmara Municipal de Alcochete, eleito pela CDU, viu reforçada a sua condição no selo do executivo camarário presidido por Luís Miguel Franco, à entrada para o último semestre de 2016. Jorge Giro passou a acumula, a partir de 3 de Outubro de 2016, a pasta da gestão urbanística do concelho, por delegação e sub-delegação de competências do presidente da autarquia.

Eleito no quarto lugar da lista da CDU, o vereador passou a ficar responsável por um dos mais importantes pelouros do município.

FACTO DO ANO

Bote Leão volta ao Tejo

O regresso do Bote Leão às águas do Tejo e, mais particularmente, a Alcochete, marcou o ano de 2016. A tradicional embarcação, com capacidade para 45 passageiros, representou um investimento de 369 mil euros (200 mil suportados pela Lusoponte, 120 mil comparticipados pelo PROMAR e os restantes 49 mil euros assegurados pela Câmara Municipal).

O Bote Leão chegou à Ponte Cais a 19 de Junho e a 16 de Novembro foi imortalizado, ao figurar no carimbo comemorativo do Dia Nacional do Mar 2016, numa criação da Direcção de Filatelia dos CTT – Correios de Portugal, para as comemorações da efeméride organizadas pela Sociedade de Geografia de Lisboa.

CONCELHO|ALMADA 

FIGURA DO ANO

António Miguel Guimarães

É o principal rosto na organização do Festival Sol da Caparica, que já vai para  sua quarta edição. O festival tem vindo a trazer nomes de relevo da música à nossa região e já ganhou o seu espaço no mapa dos festivais de verão em Portugal.

O Festival Sol da Caparica decorre no Parque Urbano da Caparica, em Almada, apostando em turistas de renome e com trabalhos recentes. A edição deste ano, que se vai realizar em Agosto já está em andamento e alguns nomes já foram mesmo anunciados num projecto que tem em António Miguel Guimarães o seu principal impulsionador.

FACTO DO ANO

50 anos da ponte 25 de Abril

A primeira ponte sobre o Tejo, em Lisboa, baptizada com o nome de Salazar  e que depois da Revolução de 1974 passou a ser conhecida como Ponte 25 de Abril, celebrou a 6 de Agosto meio século a unir a capital e Almada.

A ponte começou a ser construída a 5 de Novembro de 1962, tendo a obra ficado concluída passados quase quatro anos – seis meses antes do prazo previsto.

Apesar de ter sido depois construída a Ponte Vasco da Gama, no Montijo, a ponte 25 de Abril, em Almada, continua a ser atravessada todos os dias por mais de 140 mil automóveis e cerca de 140 comboios, sendo essencial para a ligação de toda a região à capital do país.

CONCELHO|BARREIRO

FIGURA DO ANO

Rui Pedro Dâmaso

Rui Pedro Dâmaso é o presidente da OUT.RA – Associação Cultural, que organiza anualmente o já conhecido OUT.Fest – Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro, que me 2016 voltou a ser candidato a prémios internacionais.

Com vários eventos organizados e participação em muitos outros, a OUT.RA – Associação Cultural, liderada por Rui Pedro Dâmaso, é um bom exemplo de uma associação dinâmica, que aposta em abrir novos espaços do concelho ao público.

A OUT.RA é também a produtora do OUT.FEST – Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro, iniciado no ano de 2004 e a caminho, em 2017, da sua 14ª edição, que traz ao concelho do Barreiro os principais nomes da música exploratória a nível mundial.

FACTO DO ANO

Fisipe inaugurou nova Unidade de Precursor de Fibra de Carbono

O grupo alemão SGL inaugurou em 2016 um investimento de cerca de 30 milhões de euros na empresa Fisipe, no Barreiro, para a produção de precursor de fibra de carbono.

O grupo alemão da SGL comprou a Fisipe em 2012 e seleccionou a empresa portuguesa de fibras acrílicas para produzir precursor na Europa, que é a matéria-prima para a produção de fibras de carbono.

A nova Unidade de Produção de Precursor de Fibra de Carbono resultou de quatro anos de trabalho no desenvolvimento, engenharia, construção, arranque e, finalmente, qualificação do projecto de produção para precursor de fibra de carbono.

Foi o maior investimento da empresa Fisipe, desde a sua fundação, num único projecto, que marcou a entrada numa nova área de produção.

CONCELHO|GRÂNDOLA

FIGURA DO ANO

Ana Lúcia Lopes de Almeida

Ana Lúcia Lopes de Almeida é, desde 2016, a nova directora do Agrupamento de Escolas de Grândola. A docente tomou posse no passado mês de Agosto e está a dirigir pela primeira vez o único agrupamento neste concelho, cuja dinâmica é assinalável.

A nova directora tem de gerir um agrupamento com 12 estabelecimentos de ensino, sendo nove do 1º ciclo, uma escola secundária e dois jardins de infância.

FACTO DO ANO

Ultra Maratona Melides Troia

A Ultra Maratona Melides Troia voltou a surpreender tudo e todos e, em 2016, bateu o recorde de participações com a presença de 600 atletas. Desde 2005 que a Ultra não atingia um número tão elevado.

A consolidação desta prova, com 43 km de extensão e corrida na areia da praia, deve-se essencialmente ao esforço da organização em manter um evento que, ano após ano, desafia os atletas a percorrerem diferentes tipos de piso. A organização pertence à Câmara de Grândola que quer tornar o evento internacional.

CONCELHO|MOITA

FIGURA DO ANO

Miguel Almeida

Miguel Almeida é o presidente da Associação dos Romeiros da Tradição Moitense, que todos os anos organiza a tradicional Romaria a Cavalo entre a Moita e Viana do Alentejo, que junta centenas de participantes. Retomada em 2001, após um interregno de mais de 70 anos, a iniciativa recupera uma antiga tradição de carácter religioso existente na vila da Moita, que fazia deslocar os lavradores, com os seus animais, ao santuário existente em Viana do Alentejo, no distrito de Évora.

A associação é actualmente a única associação equestre da região e tenta dinamizar ao máximo o mundo equestre do município da Moita, realizando vários passeios e iniciativas e colaborando também nas festas da Moita.

FACTO DO ANO

Alargamento dos TCB à Moita

Os TCB começaram a efectuar carreiras no concelho da Moita no dia 04 de Julho, com a extensão das carreiras 1 e 2, que ligam as freguesias da Baixa da Banheira, Vale da Amoreira e de Alhos Vedros à zona urbana do Barreiro. Depois de uma batalha jurídica com a TST, que ainda não terminou, os TCB começaram a fazer carreiras no concelho da Moita. As duas autarquias referiram que o alargamento dos TCB à Moita era um projecto que já tinha muitos anos, mas que por razões legais não tinha sido possível de concretizar.

CONCELHO|MONTIJO

FIGURA DO ANO

Amândio de Carvalho

Figura incontornável do futebol nacional, desempenhando funções como presidente da Associação de Futebol de Setúbal e vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol, o montijense esteve também umbilicalmente ligado ao movimento associativo do Montijo, onde também presidiu à Assembleia Municipal (2009-2013).

A ligação de Amândio de Carvalho aos órgãos sociais de entidades como a Sociedade Filarmónica 1.º de Dezembro ou a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Montijo, entre outras várias, marcou também o percurso, de assinalável contributo, para a afirmação e desenvolvimento local, que acabou por ser devidamente reconhecido em 2016, com a Câmara Municipal a atribuir-lhe a mais alta distinção do município: a Medalha de Ouro do concelho.

Antes, em 2011, o seu mérito já havia sido reconhecido com o Grau de Comendador da Ordem de D. Henrique, pelo então Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva. Amândio de Carvalho viria a falecer a 3 de Fevereiro deste ano, aos 79 anos, vítima de doença prolongada.

FACTO DO ANO

Oposição faz baixar IMI na Assembleia Municipal

A descida do Imposto Municipal sobre Imóveis, que havia sido aprovada em reunião de câmara realizada a 26 de Outubro de 2016 e que apontava uma baixa de 0,45 para 0,43% para 2017, com os votos favoráveis de PS e as abstenções de CDU e PSD, acabou por sofrer um volte-face inesperado na Assembleia Municipal.

A 18 de Novembro de 2016, na reunião da Assembleia Municipal, a bancada dos deputados eleitos pela CDU propôs a alteração do imposto de 0,43%, aprovados anteriormente pelo executivo camarário, para 0,40% a aplicar aos prédios urbanos avaliados em CIMI (Código do Imposto municipal sobre Imóveis). A proposta da CDU passou com os votos favoráveis dos deputados da força proponente e do PSD, as abstenções do BE e de um elemento da bancada do próprio PS, e os votos contra do PS. A imposição desta redução do IMI ilustra bem a particularidade da batalha política que se vive no Montijo, bem como a falta de maioria do PS nos dois órgãos autárquicos.

CONCELHO|PALMELA

FIGURA DO ANO

Isabel Simão

A directora pedagógica consolidou ainda mais a posição do St. Peter’s Internacional School como uma das melhores escolas de todo o país, lutando taco-a-taco pelo estatuto de n.º 1 nacional. A escola de Palmela foi 2.ª no Ranking das Escolas 2016 e 1.ª no Português de 12.º ano.

Resultados de inquestionável mérito e enorme valor. De mérito, porque implicam rigor, competência, dedicação e sacrifício, de forma continuada no tempo, porque resultados destes não se conquistam num ano e o St. Peter’s School tem vindo sempre a subir, sustentadamente. De valor, porque se trata de educar jovens, formar os adultos de amanhã e isso, sendo estruturante, faz toda a diferença para a vida colectiva futura. É óptimo que os jovens possam receber os ensinamentos implícitos nestes resultados, não só o conhecimento científico, nem a competitividade, mas a importância que o trabalho tem no mérito.

FACTO DO ANO

Autoeuropa celebrou 25 anos de vida

A Autoeuropa, a maior fábrica de automóveis em Portugal e que se tornou fundamental para o desenvolvimento económico da região de Setúbal e do país, celebrou em 2016 os seus 25 anos. O responsável pela Produção e Logística do grupo Volkswagen, Thomas Ulbrich, afirmou que a Autoeuropa, localizada em Palmela, faz parte da estratégia da marca alemã, anunciando a construção de um novo automóvel, que vai entrar em fase de produção no segundo semestre de 2017 e que vai criar novos postos de trabalho.

A importância da Autoeuropa para a região de Setúbal mede-se também pela atractividade sobre outras empresas estrangeiras como a Schenellecke, Bentler, SAS Automotive Systems, Vanpro, Action e Wheels, e as portuguesas Palmetal e Inapal Plásticos, entre muitos outros fornecedores e prestadores de serviços.

CONCELHO|SANTIAGO DO CACÉM

FIGURA DO ANO

António Manuel Viana Afonso

António Manuel Viana Afonso, administrador executivo do conselho de administração da Ambilital, empresa que gere os resíduos depositados nos ecopontos em sete concelhos do Litoral Alentejano, destaca-se pelos investimentos efectuados em 2016.

Com um orçamento de 7 milhões, o administrador concluiu a nova célula para a deposição de resíduos sólidos urbanos, pôs em funcionamento a Unidade de Produção de Combustíveis Derivados de Resíduos e ampliou a Unidade de Tratamento de Lixiviados.

FACTO DO ANO

100 anos de Caixa de Crédito Agrícola da Costa Azul 

Em 2016, a Caixa de Crédito Agrícola da Costa Azul assinalou o centenário com um conjunto de actividades que envolveram a comunidade geral, instituições e representantes da sociedade civil, nos seis concelhos dos distritos de Setúbal e Beja, onde detém 17 agências. Durante o ano, a Caixa lançou um concurso de fotografia, criou a mascote ‘O Sementinha’, realizou uma conferência sobre burocracia e juntou mais de 800 pessoas na celebração do centenário, em Santiago do Cacém, que contou com a presença do Ministro da Agricultura, Capoulas Santos.

CONCELHO|SEIXAL

FIGURA DO ANO

Nélson Cruz

Surpreendeu tudo e todos, ao intrometer-se na luta pelo título e ao conquistá-lo, apesar de ser um atleta amador a competir entre profissionais. Nélson Cruz sagrou-se Campeão Nacional de Corta-Mato em 2016, aos 39 anos, batendo as figuras mais referenciadas do atletismo português.

É repositor de supermercado, no Jumbo de Almada, de onde saiu do trabalho à meia-noite e meia, para às cinco da manhã estar a pé para apanhar o autocarro para o Algarve, onde foi competir e tornar o sonho em realidade, de mérito redobrado e reconhecido pela comunidade desportiva nacional, tendo em conta os sacrifícios a que teve de se sujeitar.

FACTO DO ANO

Acordo para construir novo Centro de Saúde de Corroios

Em 2016, a Câmara do Seixal celebrou um contrato-programa com a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) para construir o novo Centro de Saúde de Corroios.

No documento celebrado, a ARSLVT assume a construção do novo Centro de Saúde de Corroios que terá encargo global previsto para esta entidade de cerca de 1,6 milhões de euros. A construção do novo centro era uma ambição antiga, já que o actual funciona num prédio de habitação sem condições. Foi também anunciado que vai ser lançado o projecto para a construção do novo Hospital do Seixal.

CONCELHO|SEIXAL

FIGURA DO ANO

António Carvalho da Cruz

Recebeu a condecoração de Mérito Desportivo e Associativo da Câmara Municipal, na cerimónia realizada no feriado municipal, 4 de Maio, pelos serviços relevantes, na referida área, que dignificaram o concelho.

Em 2015, recorde-se, António Cruz já havia sido distinguido pela Confederação do Desporto de Portugal, como Personagem Desportiva, por proposta feita pela Federação Portuguesa de Actividades Subaquáticas. Em 2016, acabou por ser reconhecido pelo município.

FACTO DO ANO

Augusto Pólvora deixa Câmara Municipal

A ausência do presidente da Câmara Municipal de Sesimbra, Augusto Pólvora (CDU), por motivos de saúde, marcou a vida do concelho no ano de 2016. O autarca foi obrigado a resguardar-se, tendo sido representado em diversas tarefas.

O inevitável afastamento de Augusto Pólvora, principal figura nas escolha da população nas últimas autárquicas, não deixou assim de ter algum impacto no quotidiano social da comunidade e na vida política sesimbrense.

CONCELHO|SETÚBAL

FIGURA DO ANO

Pedro Pina

O vereador do Desporto da Câmara Municipal de Setúbal é o rosto mais visível da equipa que tornou a Cidade Europeia do Desporto (CES) 2016 uma realização de enorme sucesso. Não terá sido o “êxito total”, como disse Pedro Pina – porque há sempre algumas falhas, ainda que pequenas – mas o evento saldou-se como um feito assinalável, pela eficiência da complexa organização, pelos resultados alcançados em participação e notoriedade, pela envolvência de muitas dezenas de entidades e centenas de pessoas que “comprometeu” o concelho de uma forma geral.

Só a conquista do estatuto já é de mérito. Recorde-se que Almada concorreu para ser CES 2018, mas perdeu essa corrida para Braga. A CES 2016 orgulhou a cidade de Setúbal e perdurará no tempo como um marco na capacidade politica local. Isso significa capital político para Pedro Pina. Embora novo, o vereador guarda já no bolso este trunfo, certamente decisivo, quando chegar a altura de apontar o sucessor de Dores Meira.

FACTO DO ANO

Estacionamento pago na cidade

Sendo o facto que elegemos para facto do ano na região, a Cidade Europeia do Desporto (CES) 2016, seria também, por maioria de razão, o facto do ano no concelho. Este outro assunto é, por isso, uma segunda escolha.

A questão do estacionamento pago na cidade de Setúbal foi talvez o tema que mais marcou a vida local em 2016. A polémica politica entre maioria CDU e oposição, a trapalhada burocrática, que chegou ao ponto de não haver concessionário do sistema, e a preocupação que suscitou nos munícipes, faz deste assunto um dos mais profundos e duradouros do debate colectivo local no ano passado. Para a história fica a ideia de que a Câmara Municipal se viu obrigada a recuar na intenção de alargar substancialmente as áreas de estacionamento pago.

CONCELHO|SINES

FIGURA DO ANO

Rúben Tavares

Atleta da Academia de Ginástica de Sines, sagrou-se campeão do mundo de trampolim sincronizado, em 2016, no Campeonato do mundo de Ginástica de trampolins por Grupos de Idades, que decorreu na Dinamarca, entre 3 e 6 de Dezembro.

O ginasta de Sines, juntamente com o seu par Gonçalo Martins, do clube algarvio Associação de Pais e Amigos da Ginástica de Loulé, alcançou a medalha de ouro no escalão 13-14 anos, ficando à frente de pares dos EUA, México, Brasil, Bielorrússia, Rússia e Grã-Bretanha.

FACTO DO ANO

Documentário ‘Mar de Sines’

Lançado em Abril de 2016, o documentário ‘Mar de Sines’, dedicado aos pescadores do concelho de Sines, realizado por Diogo Vilhena, venceu o prémio de ‘melhor Filme Etnográfico’, no Festival Internacional do Filme Etnográfico do Recife, no Brasil.

Com produção e assistência de realização de António Campos e banda sonora original de Charlie Mancini, com a participação de músicos da região, o filme reúne “testemunhos de três gerações de pescadores” que fazem “uma pesca baseada nas artes tradicionais e no respeito pelos recursos”.

Deixe uma resposta