PJ de Setúbal deteve filho do homem que sequestrou ex-companheira em Grândola

Local Últimas C

O filho do homem que sequestrou e tentou asfixiar a ex-companheira no passado mês de Janeiro, em Grândola, foi hoje, 22, detido pela Polícia Judiciária de Setúbal, por suspeita de ter ajudado o pai a consumar o crime de sequestro.

Segundo revelou à agência Lusa o director da Polícia Judiciária de Setúbal, Vítor Paiva, o jovem, de 18 anos, terá atravessado um reboque à frente da viatura onde seguia a vítima, ajudando o pai a concretizar o crime de sequestro da ex-companheira, residente em Azinheira de Barros, no concelho de Grândola.

Vítor Paiva disse ainda que, além da prática deste crime, o jovem detido terá também participado no furto de uma viatura, que depois foi utilizada pelo pai durante vários dias, no período em manteve a ex-companheira sob sequestro e a sujeitou a vários crimes de violação e ofensas à integridade física.

“A prática deste crime vai muito além da protecção que a lei confere aos familiares dos arguidos. Neste caso, houve um acção concertada do jovem com o pai, para a prática de diversos crimes”, acrescentou o responsável da PJ de Setúbal, convicto de que o jovem teria continuado a ajudar o progenitor se não tivesse ocorrido a intervenção policial que permitiu resgatar a vítima.

Vítor Paiva justificou a demora na detenção do jovem com o trabalho de investigação que foi necessário desenvolver, posteriormente, e lembrou que na altura em que correu a detenção do principal arguido no processo, a “prioridade era resgatar a vítima com vida”.

O jovem detido, suspeito dos crimes de furto e de sequestro, deverá ser ainda hoje presente às autoridades judiciárias para aplicação de eventuais medidas de coação.

O pai do jovem, que está acusado dos crimes de tentativa de homicídio qualificado, sequestro agravado e violência doméstica, está a aguardar julgamento em prisão preventiva.

Deixe uma resposta