GNR apreende uma tonelada de amêijoa em Alcochete

Local Últimas C

A GNR aprendeu cerca de uma tonelada de amêijoa japónica e diverso material de mergulho, avaliados em cerca de 8400 euros, durante acções que decorreram em Alcochete, no distrito de Setúbal.

As acções de fiscalização em Alcochete e no Samouco, no distrito de Setúbal, foram efectuadas pelo Destacamento de Controlo Costeiro de Lisboa da GNR.

“No decorrer de várias acções de fiscalização, foi apreendido, na localidade de Alcochete, 250 quilogramas de bivalves e equipamento de mergulho autónomo utilizado na captura dos bivalves”, refere a GNR em comunicado.

Já na zona do Samouco, a GNR apreendeu cerca de 670 quilos de bivalves durante o transporte, devido ao seu proprietário não se fazer acompanhar dos documentos de registo obrigatório.

“Foram identificados cinco indivíduos e elaborados cinco autos de contra-ordenação. Os bivalves, por se encontrarem vivos, foram devolvidos ao seu habitat natural”, concluiu.

2 comments

  1. Deviam de legalizar a apanha de ameijoa para todas as pessoas que vivem do mesmo, mas com algumas regras claro, assim ganhávamos todos mais com isso. Como todos sabemos este país está cada vez pior, cada vez há mais desemprego e as pessoas precisam de ganhar dinheiro para sobreviver( para comer, pagar as contas e para que não falte nada aos filhos)
    Mas infelizmente, quando eu e outros como eu somos (apanhádos) pela Policia Maritima ou pela Guarda fiscal, ficamos sem o material de mergulho sem a ameijoa e ainda levamos multa.
    Aconselho a quem faz estas leis que pense no assunto, porque o sol quando nasce é para todos e não são só vocês que têm filhos para dar comer.
    cumprimentos.

Deixe uma resposta