Festival “Março a Partir” anima jovens de Palmela

Local C Sociedade Últimas C

Programa contém 50 actividades, desde a música à dança, cinema, teatro, desporto e solidariedade. Evento organizado por mais de 30 associações juvenis do concelho de Palmela prolonga-se até Abril

De 18 de Fevereiro e 2 de Abril, Palmela recebe a 22ª edição do festival “Março a Partir”, que nasceu da vontade das associações juvenis do concelho de promover diversas actividades nas áreas da música, dança, cinema, teatro, desporto, pintura, arte urbana, apostando igualmente numa componente solidária. A edição deste ano conta com a participação de 37 associações juvenis. Um dos objectivos é assinalar o Dia Nacional do Estudante (24 de Março) e o Dia da Juventude (28 de Março), através da realização do Fórum Estudante e de um debate com alunos de ERASMUS.

“O Março a Partir é o exemplo de um processo de participação e realização conjunta e tem sido aquilo que os jovens entendem que deve ser, feito num mês ideal e importante para a juventude”, afirmou Álvaro Amaro, presidente da Câmara de Palmela, na conferência de apresentação do festival, que decorreu na passada sexta-feira, no Santiago Maior (Espaço Fortuna – Artes e Ofícios), freguesia da Quinta do Anjo. O autarca fez questão de sublinhar que o município se assume como um “parceiro” do evento, não querendo ser “tutela do Março, uma vez que as associações é que são as grandes protagonistas do evento”.

À semelhança da edição anterior, além de todas as actividades previstas, o programa inclui ainda dois projectos: o concurso para a escolha da imagem do cartaz do festival, entretanto já seleccionada e o “Warm Up”, concurso de bandas amadoras de Palmela.

No concurso aberto à participação de bandas de todo o distrito de Setúbal vão participar 12 conjuntos musicais, sendo depois seleccionados oito deles, em duas eliminatórias. Os Esfera, de Setúbal e os Mundo Escuro, de Pinhal Novo, foram os projectos apurados na primeira eliminatória do Warm Up. A 18 de Fevereiro é a vez de Alexandre Silva & Os Impróprios, de Pinhal Novo, Skyard, do Barreiro, IN Extremis, do Seixal e EdyShine, de Pinhal Novo subirem ao palco da Sociedade de Instrução Musical, às 22h, para a segunda eliminatória. A final entre as quatro bandas apuradas está marcada para a noite de 4 de Março (sábado), no Espaço Contrafação, no Pinhal Novo.

Entre as várias iniciativas, destacam-se em Fevereiro, o “Okupados a Construir”, um projecto da autoria de sete voluntários de países europeus de apoio à realização do “Março a Partir” e a 2ª eliminatória do “Warm Up”, a 18 de Fevereiro (sábado), às 22h na Sociedade de Instrução Musical, Quinta do Anjo. Em Março e Abril, as atenções irão recair no Festival de Jovens Talentos (3 de Março), promovido pela Associação de Estudantes da Escola Secundária do Pinhal Novo; numa dádiva de sangue a decorrer entre as 9h e as 13h, a 4 de Março, na Sociedade Recreativa e Cultural do Povo do Bairro Alentejano; em demonstrações de várias modalidades desportivas (5 de Março), no Polidesportivo do Poceirão, num concurso de graffitis (11 de Março), no Abrigo da Quintinha ABC e numa corrida de rolamentos, a 2 de Abril, ao longo da Rua Duque de Palmela e Largo da Rua São João de Deus, na Quinta do Anjo.

No âmbito das iniciativas de solidariedade, de relevar a “Cãominhada Solidária – Março a Latir”, a 18 de Março, que consistirá num percurso circular urbano e florestal para ser percorrido pelos animais de quatro patas e respectivos donos.

Deixe uma resposta