Detido homem que se fazia passar por agente da PJ e perseguia ex-mulher e companheiro

Local Últimas C

A GNR do Montijo anunciou a detenção de um homem, de 46 anos, por suspeita de usurpação de funções, violência doméstica e perseguição, tendo sido apreendido um revólver e 28 munições.

A operação foi efectuada pelo Comando Territorial de Setúbal, através do Núcleo de Investigação Criminal do Montijo e do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas de Almada, tendo contado com o apoio da PSP de Lisboa.

“O suspeito, fazendo-se passar por agente da Polícia Judiciária, tentava, através dos vizinhos da sua ex-mulher, realizar buscas domiciliárias ilegais à residência desta e perseguia o seu companheiro através de telefonemas e idas ao trabalho deste”, refere a GNR em comunicado.

O suspeito acabou por ser detido em Lisboa, tendo sido efectuadas uma busca domiciliária e duas não domiciliárias.

“Foi apreendido um revólver, 28 munições, uma arma branca, dois telemóveis e um computador portátil. Foi ainda apreendida uma elevada quantidade senhas de jogo ilegal destinadas ao vulgarmente conhecido “Jogo do Milhão”, avaliadas em mais de 23 mil euros”, acrescenta.

O suspeito foi constituído arguido, sujeito a termo de identidade e residência e proibido de contactar com as vítimas.

Deixe uma resposta