PS Moita acusa autarquia de fazer sondagem eleitoral com dinheiros públicos

Local Últimas C

O Partido Socialista da Moita acusou a autarquia de ter efectuado uma sondagem eleitoral num questionário telefónico, referindo que os dinheiros públicos “devem ser usados para resolver as carências” do concelho.

“O PS continua desde 30 de Setembro de 2016 a aguardar por resposta a um Requerimento colocado por um membro da sua bancada na Assembleia Municipal em que se questiona a Câmara Municipal sobre uma sondagem telefónica encomendada por aquela autarquia através de ajuste directo”, refere o PS Moita em comunicado.

“A coberto da necessidade de entenderem o grau de satisfação dos munícipes sobre os serviços camarários, e depois de questionarem sobre a notoriedade de cada um dos Vereadores, quer do executivo, quer da oposição, uma das perguntas era: “E se fossem amanhã as eleições, votaria no executivo da Câmara?”, acrescenta.

A Comissão Politica Concelhia do PS refere que está indignada com a forma como são usados os dinheiros públicos do município.

“As prioridades devem ser dadas à solução das inúmeras carências e necessidades que cada vez são mais evidentes no nosso concelho e que em nada contribuem para qualidade de vida dos nossos munícipes”, salienta.

O PS Moita deixou ainda no ar uma pergunta: “A quem, afinal, interessa esta sondagem paga com o nosso dinheiro?”.

O DIÁRIO DA REGIÃO questionou a autarquia da Moita, mas a informação que obteve é que a Câmara não responde a comunicados de partidos políticos.

Deixe uma resposta