Montijo chora morte trágica de jovem aluna da Secundária Jorge Peixinho

Local Últimas C

Esta quinta-feira a escola parou para se cumprir um minuto de silêncio em memória de Filipa Costa. Alunos, professores e funcionários de luto e em estado de choque

A Escola Secundária Jorge Peixinho (ESJP), no Montijo, está de luto e em estado de choque com a tragédia que vitimou mortalmente a jovem aluna de 16 anos, Filipa Costa, na última terça-feira, 31 de Janeiro. A jovem, que frequentava o 10.º Ano da Turma G, sofreu uma queda do 3.º andar do prédio onde residia, acabando por não resistir aos ferimentos. Esta quinta-feira, cumpriu-se um minuto de silêncio no estabelecimento de ensino, pelas 10h00, sendo que na véspera a direcção da escola já havia hasteado a bandeira a meia-haste.

“Informamos que a ESJP irá observar um minuto de silêncio, em toda a escola, pelas 10 horas do dia 2 de Fevereiro, em memória do falecimento da aluna Filipa Costa da turma G do 10.º ano. Deixamos os nossos mais sinceros pêsames aos familiares e amigos”, pode ler-se desde quarta-feira na página da escola na Internet, numa curta mensagem acompanhada por uma imagem a preto e branco de uma rosa.

Maria João Serra, directora do estabelecimento de ensino, em declarações ao DIÁRIO DA REGIÃO, reforçou o endereço das mais “sentidas condolências” aos familiares e amigos, lamentando a perda.

A tragédia acabou por deixar em estado de choque não só alunos, professores e funcionários da Secundária Jorge Peixinho. A comunidade educativa, em particular, e a população no Montijo, em geral, sentiram a perda, sucedendo-se manifestações de pesar.

Deixe uma resposta