PSD preocupado com “excessivo número” de macas nos corredores do Hospital do Barreiro

Local Últimas B

Os deputados do PSD do distrito de Setúbal estão preocupados com o excessivo número de macas encostadas nos corredores, no Serviço de Urgências do Hospital do Barreiro.

Em visita efectuada, juntamente com o vice-presidente da bancada Parlamentar do PSD, Miguel Santos, os social-democratas reuniram com a administração do hospital do Barreiro para se inteirarem das medidas que foram tomadas para impedir que as situações recentes de caos nas urgências se repitam.

O deputado e presidente da Distrital de Setúbal do PSD, Bruno Vitorino, destacou as obras realizadas no SO, no tempo do anterior Governo, que permitiram triplicar o número de camas, dando assim maior resposta aos utentes, mostrando ainda satisfação por este Conselho de Administração querer continuar a apostar no melhoramento das infraestruturas da urgência.

“Apesar do plano de contingência decidido pelo hospital, que reconhecemos ser positivo, e da dedicação de todos os profissionais de saúde, os problemas mantêm-se e podemos assistir a dezenas de doentes em macas nos corredores do serviço de urgência”, aponta.

Para Miguel Santos, o problema do hospital do Barreiro é o reflexo do que se passa nas unidades hospitalares do país.

“O Governo em 2016 gastou muito mais em médicos tarefeiros para resolver o problema das urgências do que em 2015. O que se passa é que a situação financeira está-se a tornar e o nível de assistência aos utentes continua a piorar”, realça.

Deixe uma resposta