DIÁRIO DA REGIÃO passa a oferecer SETÚBAL REVISTA

Sociedade C Últimas

Parceria prevê sinergias na impressão, distribuição em todo o distrito de Setúbal e nos conteúdos editoriais. Os leitores do DIÁRIO DA REGIÃO ganham uma revista grátis, na compra do jornal nas bancas. É só pedir, nas papelarias, já a partir da próxima sexta-feira

 

O DIÁRIO DA REGIÃO vai passar a distribuir, já a partir da próxima sexta-feira, a revista mensal SETÚBAL REVISTA, nas bancas de todo o distrito de Setúbal. A revista é publicada e distribuída mensalmente, na última sexta-feira do mês, e ficará disponível nos pontos de venda para ser entregue aos leitores na compra do DIÁRIO DA REGIÃO.

Na prática, os leitores recebem mais valor – um jornal e uma revista – pelo mesmo preço que pagam actualmente (60 cêntimos), uma vez que a revista é oferta na compra do diário, não estando prevista qualquer subida do preço de capa do DIÁRIO DA REGIÃO.

Esta oferta decorre da parceria, estabelecida no início deste ano de 2017, entre a empresa do jornal e a João, Pedro & Armindo, Lda, sociedade proprietária da SETÚBAL REVISTA, que prevê também, além da distribuição, o aproveitamento de sinergias noutras áreas, com destaque para o domínio editorial. O acordo prevê colaboração na partilha e produção de conteúdos de forma a melhorar ambos os produtos e a oferecer maior diversidade e mais qualidade aos leitores.

Segundo o director do DIÁRIO DA REGIÃO, a parceria com a revista é uma forma de complementar a oferta editorial do jornal.

“São publicações de natureza e periodicidade distintas, com o jornal mais focado na voragem do imediato e a revista com mais vagar para o aprofundamento e para olhar para o que vai ficando para trás na corrida do dia-a-dia, pelo que a complementaridade é óbvia e natural”, afirma Francisco Alves Rito.

O responsável do jornal acredita que os leitores ficam a “ganhar mais noticias, reportagens e entrevistas, numa lógica de não sobreposição com o que o DIÁRIO DA REGIÃO já lhes oferece e com a enorme vantagem de não terem que pagar mais por isso”, uma vez que a revista é grátis na compra do diário.

Francisco Alves Rito destaca precisamente o facto de o preço de capa não aumentar no dia em que sai a revista, “ao contrário do que acontece com alguns jornais, como o Correio da Manhã, que, no dia em que publicam revistas, obrigam os leitores a despenderem muito mais dinheiro e a comprar a revista mesmo que não queiram”.

O director da SETÚBAL REVISTA, Pedro Conceição, considera que com a parceria com o DIÁRIO DA REGIÃO, a publicação “chega a muito mais leitores” e explica que a estratégia implica não só o alargamento do âmbito geográfico da revista, que anteriormente se destinava ao concelho de Setúbal, mas também o aprofundamento da identidade regional.

“Defendi que a ‘marca’ Setúbal poderia ser valorizada a todos os níveis (cultural, turístico, económico, etc) com a integração dos concelhos ‘irmãos’ mais próximos. Desta vez quisemos ir ainda mais longe e, no mesmo espírito, defendo que a riqueza e originalidade dos vários concelhos do distrito de Setúbal resultam numa marca ainda melhor e de maior potencial. No conjunto temos das melhores praias do país, a melhor gastronomia, vinhos com as maiores distinções e reconhecimento. Temos ruralidade e urbanismo, tradição e indústria, interior e litoral, campo e mar, caça e pesca… desde uma genuína cultura ribatejana da Moita e

Alcochete, até ao mais cosmopolita urbanismo de Almada e Seixal, somos margem sul com orgulho e isto é SER Setúbal. Temos tudo, mas para disso tirar proveito efectivo temos que criar e fazer crescer uma identidade única e original em volta do distrito. Tenho para mim que somos mais fortes juntos e com uma identidade distinta e autónoma de Lisboa. Acho que isso é verdade em conjunto e individualmente, para todos os concelhos do distrito, sem excepção.”, escreve Pedro Conceição no editorial da edição da revista que vai ser publicada na Sexta-Feira, com o DIÁRIO DA REGIÃO.

A SETÚBAL REVISTA, foi fundada, há dois anos, por Joaquim Gouveia, conhecido jornalista, cantor e autor da região, e teve como primeiro director, Manuel Guerra Henriques, advogado de Setúbal.

O título foi entretanto, no ano passado, adquirido pela sociedade João, Paulo & Armindo, do empresário Pedro Conceição, que lidera um grupo empresarial com sede em Setúbal.

Joaquim Gouveia mantem-se no projecto e assume agora as funções de director-adjunto da revista.

Deixe uma resposta