Ministro da Educação emocionado com recepção calorosa na Secundária Jorge Peixinho (ver vídeos)

45
visualizações

Foi com pontualidade (mais do que ministerial) que Tiago Brandão Rodrigues se apresentou hoje, 20, na Escola Secundária Jorge Peixinho, no Montijo, para apadrinhar a inauguração da 2.ª fase das obras de requalificação do estabelecimento de ensino

O responsável pela pasta da Educação, ladeado pelo presidente da Câmara Municipal, Nuno Canta, foi brindado, pouco após a entrada na escola, com um caloroso apontamento musical – ao som de violinos, órgão e violoncelo – protagonizado por um pequeno grupo de alunos, que contou com o apoio material do Conservatório Regional de Artes do Montijo.

- Pub -

As palmas, a meio da actuação, serviram para aquecer ainda mais o ambiente, a contrastar com a baixa temperatura que se fazia sentir no exterior, e eram sinónimo da performance agradável que acabava por deixar rendidos todos os presentes, desde governante, a autarcas, passando por docentes, funcionários e terminando em convidados. Tal como viria a suceder, nos instantes imediatos, perante nova actuação, desta feita a cargo de um grupo de alunos de escrita criativa, que “declamaram” e encantaram todos os presentes. Seguiram-se, então, as palavras de ocasião de Nuno Canta e de Tiago Brandão Rodrigues.

A comitiva – onde se registaram as presenças de Ana Catarina Mendes (PS), Maria Amélia Antunes, presidente da Assembleia Municipal do Montijo, e dos vereadores Maria Clara Silva e Francisco dos Santos (ambos do PS), Carlos Jorge de Almeida e Ana Baliza (ambos da CDU), e Pedro Vieira (PSD), além do presidente da Junta Fernando Caria (PS), entre outros – partiu de seguida numa visita guiada às instalações, percorrendo corredores, pisos e vários espaços do renovado estabelecimento de ensino. No final, o ministro da Educação, em declarações ao DIÁRIO DA REGIÃO, não escondeu satisfação pela obra encontrada e pela forma calorosa como foi recebido.

“Existe uma articulação positiva entre a autarquia e esta comunidade educativa. O dia da inauguração destas instalações é uma mostra fantástica do projecto educativo e pedagógico desta escola”, começou por dizer o governante, sem esconder emoção. “Ver como docentes, encarregados de educação, município, funcionários não docentes e alunos desta escola celebram este dia, o projecto pedagógico, e a vinda do ministro da Educação é algo verdadeiramente marcante para mim”, admitiu. E reforçou: “Fui extremamente bem acolhido, pude ver a escola em acção, muitas das actividades pedagógicas que acontecem aqui, como o ensino articulado, a escrita criativa, e são sempre momentos cimeiros para mim.”

Tiago Brandão Rodrigues salientou ainda a importância da escola pública, apontando como exemplo o que viu na Secundária Jorge Peixinho. “[Foi gratificante] poder estar em ambiente de sala de aula e ver o trabalho fantástico que os docentes fazem, e ver como o entusiasmo de muitos destes alunos mostra como a escola pública é um instrumento fundamental para promoção do sucesso escolar e para a qualificação das nossas populações, neste caso da população do Montijo”, concluiu.

Ausência notada foi a de qualquer representante da Associação “Somos Peixinho”, dos antigos alunos do estabelecimento de ensino, que não foi convidada a estar presente na cerimónia.

 

Comentários

- Pub -