Ateneu Popular do Montijo apaga 77 velas

Local B Sociedade B Últimas C

Associação assinalou 77 anos de existência num jantar que contou com a participação de vários associados. A colectividade tem vindo a distinguir-se na modalidade de xadrez

Fundado a 15 de Dezembro de 1939, o Ateneu Popular do Montijo assinalou no último sábado a passagem do 77.º aniversário, com a realização de um jantar comemorativo na sede do Clube Musical Alfredo Keil.

A ocasião juntou vários sócios da colectividade e mereceu a presença do presidente da Câmara Municipal, Nuno Canta, que destacou o trajecto da associação – “uma das mais emblemáticas” do Montijo, considerou o autarca. “O Ateneu tem desempenhado um papel insubstituível na divulgação cultural e no desenvolvimento do desporto, em particular o xadrez, tendo marcado sucessivas gerações de montijenses”, disse.

O vice-presidente da Câmara, Francisco dos Santos, e o presidente da Junta da União das Freguesias de Montijo e Afonsoeiro, Fernando Caria, também estiveram presentes na comemoração.

Criado com o objectivo de divulgar e promover a cultura e o desporto no concelho de Montijo, o Ateneu Popular tem obtido resultados ímpares no xadrez. Bruno Martins, que se iniciou como xadrezista precisamente nesta associação, é exemplo disso mesmo, já que foi o primeiro montijense a alcançar a categoria de internacional na modalidade.

Deixe uma resposta