Grândola volta a exigir reparação urgente do troço problemático do IC1

Local C

Rafael Rodrigues, presidente da Assembleia Municipal de Grândola, enviou um ofício às entidades competentes no Governo a “exigir a urgente reparação” do troço do IC1

 

O presidente da Assembleia Municipal de Grândola, Rafael Rodrigues, enviou um ofício às entidades competentes no Governo a “exigir a urgente reparação” do troço do IC1 entre Grândola e Alcácer do Sal onde se têm registado muitos acidentes de viação.

No ofício, enviado ao Presidente da República, ao Primeiro-Ministro, ao Ministro da Economia, ao Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, aos Grupos Parlamentares e à Infraestruturas de Portugal, Rafael Rodrigues pede celeridade no processo de resolução do problema.

“A responsabilidade para desatar esse nó é de quem tem poder executivo, legislativo e legitimidade política para o fazer. A reabilitação daquele troço anda enredada nas malhas da burocracia”, lamenta.

Nota de imprensa da Câmara Municipal de Grândola acrescenta, sobre a matéria, que ocorreram acidentes no IC1 no final de 2016 e início de 2017, “uma vez mais com a perda de vidas, em particular jovens”.

Os pedidos endereçados por Grândola ao Governo, para que se resolva o problema do troço problemático do IC1, não são novidade. Em Setembro de 2016, o presidente da Assembleia Municipal de Grândola já tinha enviado outro ofício, às mesmas entidades, a exigir “a urgente resolução do problema”.

No documento, chegou mesmo a “apelar para que o Orçamento de Estado para 2017 – na altura em fase de preparação – incluísse com carácter de prioridade aquela intervenção”, lembra a Câmara Municipal de Grândola em comunicado.

Deixe uma resposta